Sabia que 25% do volume de uma maçã é ar por isso estala quando mordemos?

As maçãs são cultivadas há milhares de anos na Ásia e Europa, tendo sido levadas para a América do Norte pelos colonizadores europeus. Assim, estas encontram-se presentes na mitologia e religiões de muitas culturas, fazendo parte das tradições nórdica, grega e cristã. Em 2010, o genoma da fruta foi descodificado, levando a uma nova compreensão da maçã, o que se revelou muito útil no controle das doenças e na reprodução seletiva durante a produção.

Na sua casca encontra-se armazenada uma substância chamada pectina, a qual contribui para diminuir o nível do colesterol sanguíneo. Esta é uma fibra passível de ser dissolvida, mas que não é assimilada pelo intestino. Desta forma, a pectina acumula água e outros materiais residuais, tornando mais fácil a subtração de elementos venenosos e a estabilização do colesterol.

 

Quer saber mais sobre a maçã, e até dicas para plantar as sementes na sua horta? Faça o download da ficha técnica desta fruta.