Cenoura

Planta herbácea da família das Umbelíferas cultivada pelo valor nutritivo da sua raiz.
Dificilmente se encontra alguém que não goste da humilde cenoura. Habitualmente um popular legume de raiz cor de laranja.
Porém, o crescente interesse por alimentos diferentes e exóticos têm vindo a tornar conhecidas as cenouras de outras cores, como as roxas, as amarelas e as brancas. Todas elas podem ser comidas cruas ou cozinhadas.
As cenouras em miniatura são mais doces quando comidas cruas, simplesmente lavadas. As cenouras maiores devem ser descascadas. Raladas são deliciosas em saladas e sanduíches.
Use-as também em bolos e queques, junte-as a sopas, estufados e guisados, ou coma-as simplesmente cozidas ao vapor, assadas ou salteadas. Para fazer um lanche saudável não se esqueça e beba o nosso fruit juice de Cenoura.

Origens

A cenoura foi originalmente cultivada na Ásia Central e países do Médio Oriente. As cenouras originais eram diferentes das que estamos habituados hoje, apresentando uma coloração roxa profunda, variando de lavanda a cor de beringela.

Esta coloração foi um reflexo dos pigmentos do fitonutriente antocianina que estas cenouras tinham. Uma variedade de cenoura-amarela enraizada apareceu no Afeganistão, cultivada e desenvolvida numa versão anterior da cenoura conhecida por nós atualmente.

Não se tornaram um vegetal popular na Europa até o Renascimento, provavelmente pelo facto das variedades precoces terem uma textura resistente e fibrosa. Séculos mais tarde, com o início no século 17, os agricultores europeus começaram a cultivar diferentes variedades de cenouras, e assim sucedeu o desenvolvimento de uma cor laranja da cenoura, que tinha uma textura mais agradável do que as suas antecessoras.

Os europeus favoreceram o crescimento dessa variação cor-de-laranja sobre a variedade roxa, que foi e ainda é amplamente cultivada em outras áreas do mundo, incluindo o sul da Ásia e o norte de África. As cenouras foram posteriormente introduzidas nas colónias norte-americanas.

Devido à sua popularidade elevada, no início de 1800, a cenoura foi o primeiro vegetal a ser enlatado. Hoje, os Estados Unidos, França, Inglaterra, Polónia, China e Japão estão entre os maiores produtores de cenoura.



Propriedades

Em termos práticos, é uma excelente fonte de carotenoides, em particular o betacaroteno (substância que dá origem à vitamina A no organismo), responsável pela sua coloração alaranjada. As necessidades diárias de vitamina A podem ser totalmente supridas com apenas cem gramas deste legume.

A cenoura é igualmente rica em vitamina E e ácido fólico, bem como potássio, cálcio e fibras alimentares. Apresenta também açúcares simples (levulose e dextrose) de fácil absorção. Participa com o elemento básico em dietas alimentares de baixas calorias, uma vez que é constituída por cerca de noventa por cento de água, o que lhe confere baixo valor calórico, sendo que cem gramas de cenoura crua apenas fornecem 19 kcal e a mesma quantidade, quando cozida, 17 kcal.



Utilização / Conservação

A cenoura foi originalmente cultivada na Ásia Central e países do Médio Oriente. As cenouras originais eram diferentes das que estamos habituados hoje, apresentando uma coloração roxa profunda, variando de lavanda a cor de beringela.

Esta coloração foi um reflexo dos pigmentos do fitonutriente antocianina que estas cenouras tinham. Uma variedade de cenoura-amarela enraizada apareceu no Afeganistão, cultivada e desenvolvida numa versão anterior da cenoura conhecida por nós atualmente.

Não se tornaram um vegetal popular na Europa até o Renascimento, provavelmente pelo facto das variedades precoces terem uma textura resistente e fibrosa. Séculos mais tarde, com o início no século 17, os agricultores europeus começaram a cultivar diferentes variedades de cenouras, e assim sucedeu o desenvolvimento de uma cor laranja da cenoura, que tinha uma textura mais agradável do que as suas antecessoras.

Os europeus favoreceram o crescimento dessa variação cor-de-laranja sobre a variedade roxa, que foi e ainda é amplamente cultivada em outras áreas do mundo, incluindo o sul da Ásia e o norte de África. As cenouras foram posteriormente introduzidas nas colónias norte-americanas.

Devido à sua popularidade elevada, no início de 1800, a cenoura foi o primeiro vegetal a ser enlatado. Hoje, os Estados Unidos, França, Inglaterra, Polónia, China e Japão estão entre os maiores produtores de cenoura.



Clima
A cenoura cresce melhor com temperaturas entre 16 °C e 22 °C, embora existam cultivares adaptados a temperaturas um pouco mais altas. A temperatura mínima para o plantio deve ser de 8 °C; contudo, plantas bem desenvolvidas podem suportar baixas temperaturas, pois as raízes sobrevivem mesmo quando a folhagem morre, e assim as plantas rebrotam quando a temperatura volta a aumentar na primavera. Por outro lado, temperaturas acima de 30 °C podem prejudicar o crescimento das plantas e o sabor das raízes.

Observações
Ao comprar escolha cenouras firmes, lisas, sem estarem tocadas e com cor viva. Garanta que não estão partidas, rachadas ou com buracos. Caso ainda traga a rama, esta deve ter um aspeto vivo e fresco.