Abacate

O nome pelo qual o abacate ficou conhecido é uma derivação da palavra de origem asteca “aoacatl” ou “ahuacatl”, transformada, por aproximação sonora, em “aguacate”, em espanhol e abacate em português.

O abacate é o fruto comestível do abacateiro (Persea Americana), árvore da família das laureáceas, nativa do México e América do Sul, sendo hoje extensamente cultivada em regiões tropicais, inclusivamente nas Ilhas Canárias, na Ilha da Madeira e na Sicília.



Origens

O abacate era amplamente cultivado antes da conquista espanhola, mas só mereceu a atenção dos horticultores no século XIX. O nome náuatle do fruto é ahuacatl (que significa "testículo", em referência à sua forma), que originou, em espanhol, a palavra aguacate.

O abacate é um fruto arredondado ou piriforme, com um peso médio entre as 500 e as 1500 g. A sua casca vai do verde ao vermelho-escuro, passando pelo pardo, violáceo ou negro. As suas duas principais variedades são a Strong (cor verde) e a Hass (cor roxa). A árvore, o abacateiro, atinge até cerca de 30 m e cresce melhor em climas quentes.



Propriedades

O abacate é rico em vitamina E, gorduras monoinsaturadas, vitaminas, sais minerais e glutationa, um poderoso antioxidante. O seu acentuado valor energético está relacionado com um conteúdo rico em gorduras, sendo responsável pelo aumento do colesterol HDL (considerado o bom colesterol, pois protege as artérias).

O abacate é rico em nutrientes, contém proteínas, ferro, hidrato de carbono e substâncias minerais. A sua polpa é rica em vitaminas A, B 1, B 2, E, açúcar, fitosterol, lecitina, tanino e ácido oléico, linoléico e palmítico. Possui os seguintes minerais: magnésio, que é essencial à vida, ajuda no metabolismo da glicose e a nutrir os nervos e o cérebro; cálcio, que combate a osteoporose; ferro, que combate a anemia tanto em gestantes como em lactantes e ajuda a formar as hemácias; fósforo, que com o cálcio ajuda à mineralização dos ossos e nos neurônios, melhorando o raciocínio.

 

Bom apetite!



Utilização / Conservação

O abacate era amplamente cultivado antes da conquista espanhola, mas só mereceu a atenção dos horticultores no século XIX. O nome náuatle do fruto é ahuacatl (que significa "testículo", em referência à sua forma), que originou, em espanhol, a palavra aguacate.

O abacate é um fruto arredondado ou piriforme, com um peso médio entre as 500 e as 1500 g. A sua casca vai do verde ao vermelho-escuro, passando pelo pardo, violáceo ou negro. As suas duas principais variedades são a Strong (cor verde) e a Hass (cor roxa). A árvore, o abacateiro, atinge até cerca de 30 m e cresce melhor em climas quentes.